Tudo sobre pets

Quando Dar Banho no Gato

Aprenda como dar banho em gato com facilidade.

Artigo publicado por Maria Paula

Gatos são famosos por sua higiene. Eles não gostam de dormir em locais sujos, sempre fazem suas necessidades em um só local (e onde há areia) e nunca dormem ou comem perto desse local específico. Além disso, eles se limpam todos os dias em um lento e longo ritual. Para quem não sabe, o gato quando se lambe, está se limpando; sua língua porosa o ajuda a se livrar de pelos caídos e sujeiras, que serão depois expelidos pelas fezes e urina do gato e, no caso dos pelos, quando eles resolvem cuspir as famosas bolas de pelo.

gato tomando banho

Criando um Hábito

Devido a esse hábito do gato, não é preciso dar banho nele com frequência. Se você perceber bem, eles não têm nenhum odor e estão sempre limpinhos, tudo por conta própria. Dar banho com frequência neles chega até a ser uma crueldade, já que, normalmente, eles não são muito adeptos da água.

Mas, isso não quer dizer que você nunca deva dar banho no seu gato. Um gato pode precisar de um bom banho com água e produtos específicos por algumas razões: Tratar e controlar pulgas, retirar algo que pregou no pelo do gato e que ele não pode ingerir, tratar problemas de pele, limpar um gato que se meteu em encrenca e está muito sujo (caiu na lama, no lixo, ou algo parecido) ou até mesmo machucado.

Em alguns casos, gatos que ficam mais tempo dentro de casa ou moram em apartamento, precisam de banhos periódicos para ficarem mais cheirosos, diminuir a queda de pelos (embora a escovada diária seja a iniciativa mais eficiente para isso, um banho por mês pode ajudar) e manter seu ambiente mais limpo. Nessas circunstâncias, pode-se dar banho no gato uma vez ao mês.

Como Dar Banho no Gato

Como já dissemos, os gatos não costumam ser os maiores fãs de água e banho, por isso, você deve preparar o banho com antecedência e ter certeza que o processo será curto e eficiente, ou o gato pode lhe dar umas boas arranhadas.

Já deixe preparado: Shampoo para gatos ou o shampoo específico para o problema de pele ou parasitas que você estiver tratando, uma escova para gatos, uma toalha grande e a “banheira” do gato, ou o chuveirinho usado para dar banho nele. Escolha um lugar com espaço, de preferência em uma pia na área de serviço ou na banheira do seu banheiro (é só desinfetá-la depois). Também é bom estar vestido com roupas que o protejam de arranhões.

banho de gato

Comece o processo escovando o gato para tirar todo o nó e pelo morto e solto. Depois, teste a água e lembre-se que ela deve ser morna. Se possível, peça para alguém lhe ajudar a segurar o gato, isso faz do banho mais rápido e seguro. Imobiliza o gato segurando-o na nuca e comece a molhá-lo da cabeça até o rabo. Depois aplique o shampoo e esfregue com cuidado. Veja nas instruções do produto quanto tempo ele deve ficar com o shampoo, marque o tempo e o enxague logo em seguida. Cuidado para não entrar água no ouvido do bichinho. Enxague bem, não deixe nenhum resíduo, pois o gato irá lambê-lo. Caso ele tenha pulgas, passe um pente enquanto o enxagua, para eliminar os bichos mortos.

Depois, esprema o excesso de água e leve o gato para a toalha. Enxugue-o esfregando com cuidado e deixe o gato enrolado na toalha em um local quente. Esfregue-o até ele ficar bem seco.

Artigo publicado por Maria Paula nas categorias: Gatos





Envie seu comentário: