Tudo sobre pets

Malassezia

Dicas de tratamento para doença de pele muito comum em animais.

Artigo publicado por Maria Paula

Ela atinge os tecidos da pele, e é causada por fungos, e seus sintomas são semelhantes ao de alergias que são originais de outras doenças, seu diagnóstico é muito difícil de ser percebido e tem que ser feito por um profissional veterinário.

malassezia

O Que é

É uma doença muito comum entre animais, e ocorre com mais frequência em épocas mais úmidas como no verão e no outono. Causada pelo fungo classificado como levedura, a Malassezia é uma zoonose, e por esse motivo pode também se manifestar em seres humanos, um perigo constante para a nossa saúde. Esse fungo, já faz parte da pele dos animais, sendo que às vezes por algum motivo, eles crescem de maneira descontrolada, o que resulta em um tipo de doença grave, que acomete muitos animais em principal os cães muito peludos ou que tem um número grande de dobrinhas na pele.

A doença geralmente causa infecções na pele superficial, porém em alguns casos raros, podem resultar em infecções hematogênicas, quando em casos mais graves ou em estados avançados, ela sempre se manifesta melhor em locais úmidos e quentes, ou em períodos do ano que apresentam este tipo climático.

É mais comum em cães das raças Basset Houds, Cocker Spainel, Setler Ingles, Pastor Alemão, Maltês, Shi Tzu e West Higland White Terrier, e geralmente se manifesta na pele na região no meio dos dedos, ouvido, reto, boca, focinho, pescoço ventral, virilha, axilas e ao redor do anus.

Sintomas

A coceira crônica e a perda de pelos, é uma das principais características dessa doença, além disso, o animal pode apresentar descamação da pele e infecções de ouvido, onde apresenta uma secreção amarronzada, com a presença de vermelhidão, caspas, escurecimento e espessamento da pele. A oleosidade da pele, assim também como o aparecimento de crostas com odores fortes e desagradáveis, também podem ser sinais importantes que podem ser relacionados a doença.

A utilização de certos medicamentos como cortisonas ou antibióticos, podem deixar o animal vulnerável a doença. A otite externa é uma das formas mais frequentes da doença se manifestar em cães, sendo que em algumas vezes ela pode se agravar se associada a bactérias e ácaros da orelha do animal, sendo assim, o cão pode ter odores desagradáveis nos ouvidos ou ficar balançando a cabeça.

casal de bulldogs

Como Tratar

Geralmente seu tratamento é local, com o uso de shampoos e cremes com medicações para serem utilizados durante o banho do animal, entretanto em alguns casos o uso de medicamentos orais são necessários, e devem ser receitadas pelo veterinário para não haver nenhum perigo para a saúde do animal, esses casos, geralmente são os mais graves que estão em um estágio mais avançado.

É importante que o dono do animal fique sempre atento a qualquer sinal de infecção como maneira preventiva, pois o diagnóstico para a malassezia é bem complicado, e é feito por exclusão ou biopsia da pele, por isso, sinais como de alergias ou mudanças no comportamento do animal devem ser observados rigorosamente por seus donos, e se houver a presença de algum deles, a visita ao veterinário deve ser agendada rapidamente para que a doença não venha a se agravar cada vez mais.

Publicado por Maria Paula nas categorias: Cães




Envie seu comentário: