Tudo sobre pets

Gastrenterites em Cães

Aprenda tudo o que é a GASTRENTERITES em Cães.

Artigo publicado por Maria Paula

Gastroenterite é como chamamos qualquer inflamação no estômago ou intestinos; esse tipo de enfermidade impede que os nutrientes e a água sejam corretamente absorvidos pelo organismo no processo de digestão, causando desnutrição e desidratação. As gastroenterites pode ocorrer também nos seus animais, e é um problema comum em cães.

gastrenterite

Causas

Muitas podem ser as causas de uma gastroenterite, mas as mais comuns são alimentos estragados e ingestão de lixos, plásticos e outros produtos que podem machucar o trato intestinal. Além disso, a doença pode ser causada por parasitas, tumores, doenças do fígado e do rim e stress.

Sintomas

Os principais sintomas desse tipo de inflamação são diarreia e vômito. Além desses dois, há a perda de apetite, a letargia e depressão causada pela desnutrição e desidratação. Em casos mais graves pode aparecer sangue no vômito ou na diarreia. Outros sintomas que também podem estar presentes: esforço e dor na hora de defecar, perda de peso, apetite “caprichoso”, ou seja, o cachorro não come mais do jeito que comia antes, rejeitando alguns tipos de alimentos.

Tratamento e Gravidade

As gastroenterites mais comuns são leves e não oferecem riscos ao cão; elas costumam ser auto-limitante, e só é preciso tratar os sintomas, ou seja, cuidar para que seu cão não fique tão desnutrido e desidratado, enquanto o organismo cura a inflamação e as lesões ocasionadas. A base maior do tratamento é, então, o descanso do intestino para impedir que as lesões causadas pela inflamação piorem.

cão com gastrenterite

Porém, há alguns casos em que a gastroenterite é mais grave e pode levar seu cão à morte. Caso seu cão esteja vomitando e com diarreia por mais de vinte e quatro horas e não esteja respondendo aos tratamentos mais conservadores para gastroenterites leves, leve-o ao veterinário para que ele receba um tratamento mais pesado. Em casos de gastroenterites mais graves, também é recomendado internar o animal.

Deve-se ter cuidado redobrado com filhotes, animais que já estavam enfraquecidos por alguma doença anterior, cães de porte pequeno e animais mais velhos, pois eles podem sofrer a desnutrição e a desidratação de forma mais rápida e mais perigosa.

Publicado por Maria Paula nas categorias: Cães




Envie seu comentário:


Comentários (2)

  1. Aline
    21/01/2016 at 09:28

    Poxa , não tive sorte , meu amiguinho (meu cachorro Montanha).faleceu no domingo , eu e meu esposo estamos arrasados , uncorformados , choramos toda hora , pois tudo nos faz lembrar dele .adotamos ele iria fazer um ano .O que mais me deixa triste , é que eu poderia ter feito mais .Fiquei levando ao veterinário desde o 2° dia ..mas aplicavam o medicamento davam soro e voltavam os pra casa . O vomito foi cortado no 4° dia , isso pq troquei de veterinário , pois o primeiro não estava dando soro .só me recomendou a dar agua de côco.
    Por fim no ultimo dia que levamos ao veterinário , quando chegamos em casa eu começou a andar e isso nos deixou muito esperançoso. Porem quando acordei no dia seguinte , pois isso teria ocorrido de noitinha .meu montanha estava morto de olhos abertos.agora fico me culpando , por não ter deixado ele dormir dentro de casa , pra poder ficar de olho e dando agua de côco e a tao famosa agua com qiabo .q eu já tinha feito e dado 3×. Ta muito difícil , parece q vou ficar loca ….

  2. jefferson
    23/12/2013 at 15:15

    meu cachorro esta vomitando sangue n qr comer nada que remedio devo dar pra ele n sei oque fazer me ajuda por favor