Tudo sobre pets

Filariose Em Gatos

Conheça mais sobre a Filariose Em Gatos.

Artigo publicado por Maria Paula

A filariose é uma doença causada por um verme chamado Dirofilaria immitis, mais conhecido como Verme do Coração. A doença é predominante em cães, mas pode também acontecer em outros pequenos mamíferos, incluindo os gatos. A população de gatos infectadas por esse verme é pequena, por exemplo, apenas 0,8% dos gatos em Niterói, Rio de Janeiro, estavam infectados em uma pesquisa de 1998, enquanto uma população de 29,7% dos cães estavam infectados.

filariose

Vetores e Ciclo do Verme

A doença é transmitida pela picada de mosquitos das espécies Culex, Aedes e Anopheles. Em regiões muito quentes e úmidas, a população desses mosquitos é maior, e portanto o risco de gatos serem infectados é maior, se você tem gatos e mora nesse tipo de clima, pode ter que prevenir contra esse verme também.

O verme fica na pele do animal, depois que picada pelo mosquito, em estágio de larva, e por lá fica até amadurecer, o que dura aproximadamente quinze dias. Depois da maturação, o verme entra na corrente sanguínea e se fixa no coração, principalmente na parede da artéria pulmonar, embora também possa se fixar em outras regiões do coração. Uma vez fixos no coração, o verme pode se alimentar e produzir larvas que vão para a corrente sanguínea e infectam outros mosquitos que irão sugar esse sangue, reiniciando o ciclo do parasita.

A doença pode infectar um cão ou um gato e não se desenvolver se tiver poucos vermes, porém, com um número maior de vermes, a doença pode causar a morte. O coração irá se expandir, o animal pode sofrer de hipertensão, sopro, e sofrer de outros problemas que virão devido ao fato da circulação sanguínea estar prejudicada. Ele pode sofrer de deficiência hepática, trombose e outros problemas do coração.

O verme parece completar seu ciclo mais comumente em cães, do que gatos, os últimos sendo mais portadores do parasita do que desenvolvendo a doença; mas, novamente vale lembrar que há casos de gatos com essa parasitose. No homem, o verme não completa seu ciclo e fica encapsulado nos pulmões.

gato com filariose

Sinais

Muitas vezes os sinais só aparecem quando o animal está em estado avançado da doença. Os sinais nos gatos são iguais aos sinais que aparecem nos cães, e são: Tosse crônica, apatia, fadiga, dificuldade para respirar, perda de peso, acúmulo de líquidos no abdômen. Para o tratamento, é sempre melhor consultar o veterinário porque cada animal pode ter sinais e problemas diferentes. Tomar vermífugo apenas pode não adiantar se os danos ao organismo forem muito grande, e se o animal já estiver em estado avançado, o vermífugo deve ser ministrado gradualmente, pois matar todos os vermes de uma vez pode entupir as veias e artérias do animal.

Prevenção

Como em gatos a doença é mais rara, é muito fácil preveni-la. Dê vermífugos e controle as pulgas do seu animal de acordo com as instruções do veterinário. Caso você tenha um cão em casa, trate-o com o mesmo cuidado e cuide de sua casa e vizinhança para que os mosquitos não se proliferem e passe a doença de outros animais para os seus.

Publicado por Maria Paula nas categorias: Gatos




Envie seu comentário: