Tudo sobre pets

Cuidados com uma Chinchila

Aprenda como cuidar de um animal tão exótico como esse.

Artigo publicado por Maria Paula

As chinchilas, cujo nome científico é Chinchilla lanigera da família Chinchillidae, são originárias da Cordilheira dos Andes. Estes animais também eram encontrados na Bolívia, Argentina, Chile e Peru, mas atualmente estão presentes em todo o mundo devido à grande busca por sua pele para a confecção de roupas e acessórios. No Brasil, as chinchilas são adquiridas como animais de estimação.

Mas cuidar de uma chinchila não é como cuidar de um cão ou de um gato, que são animais domésticos a que estamos acostumados a lidar. Elas exigem maiores cuidados devido às suas necessidades especiais e diversas condições para condicioná-los à vida em sua casa. Você pode conferir quais são eles através da leitura deste artigo, confira abaixo.

chinchila em cativeiro

Dicas Iniciais

Todo e qualquer cuidado de que sua chinchila necessite, é importante que seja feito por um veterinário especializado. Elas podem se ferir, estressar ou mesmo ter inflamações no decorrer do tempo se não estiver sob condições propícias e agradáveis. Evite insistir em dar carinho a ela caso não queira, isso pode estressar o animal e fazer com que aja agressivamente, podendo dar mordidas e causar pequenos ferimentos no dono. Com o tempo, dê carinho e deixe que ela se acostume com você.

Gaiola

É indicado que a gaiola seja feita de aço galvanizado ou mesmo de madeira, para deixar a chinchila mais calma e segura nos primeiros dias em contato com o novo ambiente. Elas precisam de equipamentos corretos para comer e beber, como um bebedouro específico para chinchilas e um comedouro preso à gaiola para evitar sujeira e, consequentemente, doenças. A gaiola também não necessita de rodinhas ou brinquedos que frequentemente são usados por hamsters: elas podem viver em uma gaiola sem adornos. Ainda assim, é importante que ela tenha uma toca para dormir, que pode ser de madeira ou mesmo de pano.

Alimentação

Sendo um animal herbívoro, evite dar a ela carnes e demais alimentos que não os próprios para a espécie. Sementes oleaginosas também não são indicadas, nem mesmo raízes. Dê preferência a rações peletizadas e alimente-a com alfafa em cubos ou mesmo em ramas. Cuidado com o excesso de petiscos (como frutas secas, por exemplo) que podem causar diarreias e muitos outros problemas para com a saúde do bichinho. Suplementos alimentares também podem ser feitos, mas peça ajuda ao veterinário ou ao vendedor para saber melhor como alimentar sua chinchila.
Chinchilla

Higiene

A forração da gaiola deve ser feita com uma destas: granulado orgânico (feito de espiga de milho ou celulose), maravalha (serragem de pinus) ou a areia higiênica adequada a roedores (ou mesmo a areia para gatos). Se possuir apenas uma chinchila, troque uma vez na semana. Devem tomar banho de 2 a 3 vezes por semana utilizando pó de carbonato de cálcio próprio para banho.

 

Cuidados Adicionais

Se tiver a intensão de criar os animais com o intuito de reproduzir, busque pelo sistema ideal para o mesmo. Respeite o horário de brincar e de descanso deste animais e visite frequentemente um veterinário para saber se está tudo bem. Caso note problemas com sua saúde, vá imediatamente a um.

Publicado por Maria Paula nas categorias: Outros Pets




Envie seu comentário: