Tudo sobre pets

Como Lidar com um Animalzinho que Sofreu Maus Tratos?

Lindando com maus tratos de seus animais.

Artigo publicado por Maria Paula

Infelizmente, o mundo está cheio de pessoas que maltratam animais e, muitas vezes, nos vemos adotando um cachorro ou um gato que passou por esses maus tratos e ainda mostra sinais em seus comportamentos. Adotar um animal que passou por isso é um ato de bondade muito grande, mas os donos precisam estar atentos em como lidar com esses animais, pois eles passaram por traumas muito grandes.

cão que sofreu maus tratos

Sinais de que um Animal foi Maltratado

Primeiro é importante procurar os sinais de que ele foi maltratado, não só para ter certeza de que essas agressões ocorreram, mas para ser a gravidade delas. Procure por sinais de agressão física como cortes, ferimentos, queimaduras.

Investigue bem o corpo do animal, passe a mão pelo pelagem no sentido contrário do crescimento do pelo para verificar se há alguma anormalidade na pele. Isso demonstra que o animal passou por várias agressões físicas, o que pode deixa-lo mais agressivo, desconfiado e reagindo bruscamente a alguns estímulos. Ausência de pelos no pescoço pode denotar que o animal ficou acorrentado por muito tempo.

Procure também sinais de desnutrição, leve o animal a um veterinário para ver se ele foi nutrido de forma correta. A negligência também é um mau trato e muitos donos cruéis deixam de alimentar os animais. Caso ele esteja muito magro, com olhos embaçados, indispostos e muito cansados, pode ser que eles estejam malnutridos e precisam de uma alimentação mais fortalecida e cuidados veterinários.

cão maltratado

Observe muito o comportamento do animal e veja o que lhe causa medo. Se ele se encolhe ao ver uma vassoura ou um rodo, ele pode ter apanhado muito com esses objetos. Observe se ele se recusa a sair do canil, se gosta de se esconder embaixo de sofás ou em cantos escuros. Olhos arregalados mostram que o cachorro está aterrorizado. Nesse caso, é bom prestar atenção se algum estímulo específico causou esse comportamento. Tente assegurá-lo que tudo está bem chamando-o para fora com uma voz mais carinhosa e dando bastante atenção e carinho. Não force o cachorro quando ele estiver com medo, ele pode reagir de forma agressiva.

Como Tratar Esse Animal

O segredo é a paciência e o carinho e a observação dos comportamentos. Nunca repita as agressões que o animal sofreu, se ele tem medo de vassouras, não use isso contra ele. A educação deve ser com carinho e você deve dar espaço para os comportamentos “estranhos” do animal. Leve-o a um veterinário assim que ele chegar na sua casa para ver como está sua saúde, se ele está desnutrido ou teve alguma ferida mais grave.

Procure entender o que lhe dá medo e tentar excluir esses estímulos. Para aqueles estímulos que o animal precise aprender a lidar, tenha paciência, vá expondo o animal gradativamente, deixe-o recuar e se esconder se assim o quiser e tente de novo. Sempre mostre carinho e paciência com esse tipo de animal, pois eles podem achar que qualquer grito ou agitação é uma agressão contra ele, dependendo de como foi o ambiente em que ele estava no passado.

Artigo publicado por Maria Paula nas categorias: Cães, Gatos





Envie seu comentário:


Comentários (1)

  1. Vanessa
    12/03/2016 at 00:56

    Minha veterinária adotou uma cachorra sadia de raça uma graça mas o problema é q os donos antigos agrediram muito ela é hj ela foi adotada por esta veterinária q pede ajuda pois a mesma sofre distúrbio de comportamento muito agressiva não aceita o toque o olhar rosna e ataca morde. Não sabemos como lidar com esta situação