Tudo sobre pets

Como Aproximar Cães e Gatos

Tenha algumas dicas para aproximar essas duas figuras.

Artigo publicado por Maria Paula

Estamos acostumados a achar que cães e gatos são inimigos mortais, mas a verdade é que os cães, principalmente enquanto jovens, são mais predispostos a brincar com animais de outras espécies do que ataca-los. Não é impossível criar cães e gatos em uma mesma casa, na verdade, muitos donos de animais fazem isso. O ideal é que os donos deixem claros para os animais o limite de cada um e procurem sempre controlar a agressão do cão para que ele nunca ataque o gato.

cão e gato

Casos Comuns

Na grande maioria dos casos, os cães e gatos formam uma grande amizade. O maior cuidado que um dono precisa ter é na apresentação e aproximação inicial dos dois animais. Muitas vezes, o cão pode machucar o gato não por querer agredi-lo, mas por brincar de uma forma mais bruta, principalmente se for um cachorro de grande porte. Também deve-se tomar cuidado com cães muito agressivos e impor a ele seus limites.

Outro problema na adaptação inicial dos dois é o gato se sentir ameaçado pelo cão e ataca-lo, o que pode acarretar em brigas subsequentes. A seguir, algumas dicas para que essa apresentação seja a mais amigável e livre de acidentes possível.

Apresentando os Novos Amigos

Na hora de apresentar o cão e o gato pela primeira vez, é importante observar atentamente como os dois reagem um ao outro. As possibilidades são inúmeras, mas tome alguns cuidados básicos. O cachorro deve, de preferência, estar de coleira e guia para que ele seja interrompido caso queira avançar no gato. Caso o gato esteja com muito medo ou muito agressivo, comece a apresentação com ele em uma caixa de transporte ou caixinha, para que eles primeiro se acostumem com o cheiro um do outro.

Mantenha os dois animais a uma distância que os dois fiquem tranquilos e recompense os dois com carinho e petiscos quando eles se portarem bem um com o outro. Comece a aproximá-los aos poucos, passo a passo, fazendo o cachorro chegar perto da caixa onde o gato está; deixe o cachorro próximo do gato por um tempo, ainda recompensando-o e ao gato se eles ficarem tranquilos próximos um ao outro. Observe bem se algum deles começam a ficar com medo ou inquietos um com o outro. Caso isso aconteça, afaste-os.

amizade entre cães e gatos

Na próxima vez, deixe o gato solto, e observe seu comportamento. O gato também deve aprender o melhor comportamento para com o cão. Caso ele comece a ficar agressivo ou tentar atacar o cão, dê uma borrifada de água no focinho dele, o mesmo para o cão se ele fizer algo que deixe o gato se sentir agredido. Aos poucos, dia após dia, veja como eles convivem um com o outro. Na maioria das vezes, eles rapidamente se habituam com o tipo e o tamanho de cada um.

Depois que os dois já viraram amigos, apenas tome cuidado com as coisas do gato. Eles são muito cheios de mania enquanto os cães já adoram mexer com tudo quanto objeto e comer qualquer comida. Deixe um espaço reservado para o alimento e as coisas do gato, um lugar fora do alcance do cão.

Publicado por Maria Paula nas categorias: Cães




Envie seu comentário: